Noites difíceis





Se tivesse que excluir um momento da minha vida, seria a hora de dormir. Ser mãe é a coisa mais linda e perfeita que existe no mundo. Amo meu bebe, amo o sorriso dele, as brincadeiras, e amo cada dia mais as descobertas dele.




Mas quando chega a hora de dormir eu as vezes desejava que Miguel tivesse 10 anos e já não precisasse ser ninado, nem ter o peito pra dormir.
Em geral ele dorme rápido (no peito), mama por uns 20 minutos, até chegar a ficar molinho e eu coloca-lo no berço.  Mas a tranquilidade acaba em 10 minutos, Miguel acorda e quer fazer meu peito de chupeta, ai varia da noite, tem noite que ele dorme até 5 da manhã, acorda, mama e dorme de novo. O que é ótimo porque eu tenho um tempo pra dormir. Mas tem noites como hoje, que ele acorda em torno de 5x por noite.

Procurei ajuda no google, e a conclusão que tive é que se eu quero que ele durma a noite toda, preciso da ajuda do marido. De acordo com estudos que fiz, quando o bebe acorda na madrugada e chora, se outra pessoa que não seja a mãe ir acudi-lo ele vai ver que não vai poder mamar e irá dormir. É claroo que não é simples assim, e o bebe vai chorar, vai pedir a mãe. Ainda estou lendo sobre tudo isso.
Vou esperar meu marido entrar de férias para tentar.

E com certeza vou contar tudinho pra vocês. Se você tiver casos parecidos conta aqui pra mim, quem sabe a gente não se ajuda né.

Super beijoo.



Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger